Essa dor que me consome
não chega a ser uma dor,
mas não tem nome.

Talvez seja a saudade
que, agora, me invade
sem razão e sem porquê...

É algo que me acontece
e eu não sei dizer.

A.J. Cardiais
26.04.2009