Multifaces

19 de Setembro de 2011 Rafael Otávio Modolo Poesias 635

Dois mundos, almas
Duas almas
Caras, fundos
Jugos profundos
Celas, palmas
Braços e vaias
Abraços, jaulas
Beijos maias...

Céu, estrelas, astros
Mares, ventos, mastros
Altares divinos
Rochas, praias, alabastros
Torres, luzes, sinos
Celeuma das águas, marulho
Ressaca de junho, julho
Pavor de homem e de menino...

Muitos sóis, diversos sois
Rege todos por um, pois
Ergue a face que és
E faz das outras, voz e pés!




____________________________

SIGA: @RafaBotty
_____________________________

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Lembra? há 8 horas

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 9


Principio há 8 horas

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 8


Viandar há 8 horas

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 7


Fluxo do tempo. há 8 horas

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 10


Sou há 8 horas

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 8


Ame...! há 8 horas

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 6