Pensamentos ao vento

14 de Outubro de 2011 Odairjsilva Poesias 329

Não se pode deixar de viver sua vida para se entregar perdidamente
Fatalmente essa outra pessoa não completará sua vida
Nunca entregue a outrem todo amor de sua mente
Se assim o fizer, terá tido uma existência perdida.

A dor que sufoca seu coração neste longo dia
Pode ser a fuga que você sempre procurou
Para voar novos espaços e encontrar a alegria
Das lembranças de um amor que há tempos acabou.

A paixão que incendeia seu sentimento
É a forma mais singela do verdadeiro amor
Que deve ser da sua existência a direção.

Deixe que os ventos levem o seu pensamento
Na busca incansável daquela flor
Que vai dar nova vida ao seu coração.

//odairpoetacacerense.blogspot.com

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"A decadência" há 2 horas

Numa decadência sem fim. não paro de cair. Esta tudo muito escuro aqui,...
joaodasneves Poesias 7


"A Parede" há 2 horas

Esta parede que nos separa Tem que cair, assim falaremos de ti de mim Olh...
joaodasneves Pensamentos 5


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P4 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 6


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P3 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P2 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P1 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 6