A Canção

20 de Outubro de 2011 Rafael Otávio Modolo Poesias 681

Alcei meu voo sobre a terra,
Atravessei tribos em guerra,
Bebi cálice de fel,
Dormi ao relento, sob o céu...
Por desertos sucumbi,
Em mares quase morri,
Buscando sempre um tesouro,
Nem prata, nem bronze, nem ouro...

Conheci potentes guerreiros,
Sábios cancioneiros,
E em meu caminhar,
Descobri que viver é amar...

Em você conheci a canção,
Entoada nos céus e no chão,
Na voz dos anjos como trovão,
Suave como algodão...
Deus me deu o caminho seu,
E em mim luz acendeu,
Para um amor infinito,
De um casal pra sempre unido!

Com você chorei, ri, sorri...
E escohi...
Eu amo você como nunca amei, nem vou amar outra pessoa...
Pois em meu coração, seu nome para sempre ressoa !






____________________________________________________

SIGA-ME NO TWITTER: @RafaBotty
_____________________________________________________

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Confesso-te que..." há 3 horas

Ao perder um grande amor, Confesso que até chorei, Mesmo assim tudo ...
joaodasneves Poesias 5


Vida Pela Via da Fé há 6 horas

O que poderia o ministério da Lei sob o Antigo Testamento, fazer por si m...
kuryos Artigos 9


Para quem é a Mudança da Lei de Moisés há 8 horas

O apóstolo Paulo afirma que o crente não está sob a lei e sim sob a gr...
kuryos Mensagens 5


Cultivando Observações - 1 há 10 horas

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 18


"É tarde demais" há 12 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 11


"Amada Amante"... há 12 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 8