De corpo e alma

08 de Novembro de 2011 William Adriano Poesias 420

De corpo e alma
(de William Adriano)

Encontro o equilíbrio na fragilidade deste meu corpo corruptível
E assumo o chamado da alma que tanto escuto em meu interior
Deixo me levar pelo som do leve vento que me leva adentro

Derrubados velhos ditos que antes eu tinha como ídolos
Ressurgem nas margens do lodo do meu seco pranto
Brotos de um canteiro de esperança que florirão

Com um olhar calmo e compassivo
Vejo o esterco dos meus preconceitos
Adubarem a mata ansiosamente virgem

Que aguarda o surgimento de cada verso
Pois outrora um terreno árido e infecundo
Agora cada linha gesta o feto da inspiração

Corpo e alma por cada linha cada verso e prosa
Encontrando equilíbrio no sentido de cada sã ideia
Mesmo que abstratas no quesito de tal compreensão

Vejo então renascer os antigos sonhos que adormeciam
Na calada da noite destes mudos lábios que não solfejavam
Uma antiga melodia esquecida nas lacunas da ausência da fé


//canticospelapaz.blogspot.com/
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Bem Lá No Fundo há menos de 1 hora

Eu caio, levanto, choro, canto... Me aborreço, entristeço. Me estresso...
a_j_cardiais Poesias 21


"Só sei que nada sei" há 1 hora

Eu nada sei, Mas juro que te adorei, só sei que nada sei mas sei que t...
joaodasneves Mensagens 5


"Amiga virtual" há 1 hora

Ainda não sei porque te tenho como amiga... as tuas letras são iguais a ...
joaodasneves Pensamentos 4


Moça bonita há 3 horas

Todo mundo tem aquela moça bonita na sua vida..Eu tenho... Moça bonit...
anjoeros Poesias 4


Uma cama , várias interpretações... há 3 horas

Boa noite! Para hoje o que temos,como sempre,é o amor...Mas, nesse texto f...
anjoeros Artigos 6


"Amor proibido" há 3 horas

Porque será que aguentamos em silêncio a ferida? Dissimulamos frente a t...
joaodasneves Pensamentos 5