Findo o inverno

12 de Junho de 2011 Evan do Carmo Poesias 550

Chegou o fim do inverno
Aquelas noites serão esquecidas
Onde braços e bocas se entendiam
Findo o tempo, quando almas e corpos
Flutuavam num único pensamento.

Chegou o fim do inverno
Resta-nos a primavera
Quando florescerão as flores
E os amores, que entre cores
Desenharão sonhos... Quimera.

A saudade repousa junto ao mar
Junto ao fogo da nossa incandescente lareira
Onde nossos corpos se uniram
Se derretendo, formando gotas
De vida de uma imponente cachoeira.

Por que fomos tão rápido,
Do paraíso ao inferno?
Ou foi pequeno nosso empenho
De inverter as estações
De mudar a posição dos astros
E perpetuar nossa paixão
Em eterno inverno?

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Equação do Amor há menos de 1 hora

Corre pra mim... Talvez eu ainda não saiba o que é o amor; Não tenha ...
a_j_cardiais Poesias 29


Qual é a Nossa Parte? há 9 horas

O conceito arminiano de que devemos fazer a nossa parte para que Deus pos...
kuryos Artigos 5


"Lagrimas" há 11 horas

Um silêncio triste e profundo Uma lágrima caiu Na tarde fria, e escura ...
joaodasneves Poesias 6


Realidade, Deixe-me Sonhar há 12 horas

Ah, realidade, realidade... Você não respeita minha privacidade. Vo...
a_j_cardiais Poesias 27


"és nada" há 16 horas

Como me pude apaixonar De um alguém como tu Passado pouco tempo pude con...
joaodasneves Pensamentos 8


"Ela mora" há 17 horas

A minha unica paixão é a solidão, ela vive na minha casa, e mora bem ...
joaodasneves Pensamentos 9