Geme novilha,
Frágil doce filha,
Dama augusta, robusta,
De Dirceu, Marília!

Ângela, lindo negro anjo,
Em teus arranjos,
Poderosos arcanjos,
Vem, então, dançar, cantar!

Raquel, amada de Israel,
Noiva sublime do altar,
Espera longa e cruel!

Oh, Atenas, de vigor, sabedoria, plena,
Encerra das mulheres os toques do céu,
Resume, em Mara, a divina Helena!