O que você vê?
(de William Adriano)

O que você vê lá fora na escuridão
Talvez seja uma ilusão passageira
Uma velha perspectiva confusa
Provinda das amarras neuróticas
Que ainda persistem em instalar-se
Não te deixam livre, te sufocam

O que você vê lá fora na escuridão
Pode não ser apenas o que você vê
Olhe atentamente e limpe sua mente
A janela vai se abrir mais um pouco
A luz vai iluminar a paisagem confusa
E você vai perceber o que antes não via

Apenas relaxe e deixe o cenário surgir
As flores tomarem forma e vida própria
O céu lhe indicará uma jornada pessoal
Você intuirá um caminho e será livre
Ultrapasse a janela fictícia da ilusão
E conquiste o que lá fora lhe aguarda

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
http://canticospelapaz.blogspot.com/