Sorte ou azar?

27 de Dezembro de 2011 William Adriano Poesias 342

Sorte ou azar?
(de William Adriano)

Cartas marcadas escondidas na manga de nossas mentiras
O blefe inesperado que não pode determinar o vencedor
Pois a vida não é um jogo em sua essência existencial
Somos nós que blefamos e perdemo-nos de nós mesmos

As derrotas nem sempre são o fim de tudo
Todas as nossas batalhas são passageiras
Não nascemos para sermos escravos do azar
E muitos nos perder por não sabermos amar

O melhor lance, a melhor jogada pra se vencer
É se entregar à luta de todo seu coração e alma
Então o azar e a sorte perdem seu valor mítico
E a nossa realidade passa a ser o duro tabuleiro...

...por vezes de nossas lágrimas
Mas também de nossas alegrias

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
//canticospelapaz.blogspot.com/

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"Livro sem letras" há 1 hora

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 5


Amor há 2 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 6


ESTÁ TÃO ESCURO (poesia infantil) há 4 horas

Está tão escuro Por causa do muro O chão é duro Não bata o nari...
madalao Infantil 6


Amor de Primavera há 18 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 42


CICATRIZES há 23 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 6


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 12