Olhos

Desses mesmo olhos
Que já derramaram muitas
Lagrimas de alegria…

Hoje só lagrimas de sangue
De solidão
E noites frias…

abandono de que mais
O amava
e que sonhava, casar um dia…

Mais sem você…
Sem sua companhia…

Vivo pelos cantos…
No universo
das fantasias…