Benefícios

08 de Fevereiro de 2012 Doug Mota Poesias 460

Te dou a minha permissão para me abusar,
Use, abuse, eu não mais me pertenço.
É uma oportunidade única, tem que aproveitar.
Guarde energia, isso é só o começo.

Meu corpo é um brinquedo versátil,
Pode fazer o que você quiser
Não é fraco, vulnerável, nem frágil,
Mas também não é um receptáculo qualquer.

Não é do meu feitio fazer isso,
Só busco novos prazeres e experiências.
Não quero algemas, nem compromisso,
Só peço que mantenhamos certa constância.

Cansei de paixões perdidas, dores sofridas.
O tempo é curto e o mundo está acabando.
A minha vida deve ser mantida
Com a felicidade em mim permanecendo.

Se faço isso é porque tenho razões:
Sou uma bomba de hormônios e carência.
Só há sangue nos nossos corações,
Significa que para melação não tenho paciência.

Jamais se aproveite de minha ingenuidade,
Meu nível de ódio é bem maior que minha idade.
Posso te fazer sofrer
Na melhor hora de prazer.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 14


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 11


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 10


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 11


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 11


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 10