Me Encontre Novamente

13 de Fevereiro de 2012 Társis Farias Poesias 96

Estar ao seu lado foi meu céu,
E também foi meu inferno.
Foi como entrar em terra estrangeira,
Era o meu sol e minha lua,
Iluminando as trevas de nossos corações.

Mas hoje não existe um motivo para rir.
Tudo acabou perdendo o sentido
O sol não brilha mais para nós.
E o meu corpo pede abrigo,
Minha alma clama pelo calor
Que saiam de teus olhos.

Talvez não entendêssemos o que era viver.
Mas sabíamos nos afagar.
Talvez não exista outra saída
Nosso amor se foi calado
E fiquei aqui em busca de um sinal.

Mas antes de você partir, me dê uma flor
Deixe-me te olhar pela última vez
Deixe-me te amar como se fosse à primeira vez.
Vá! Leve um pedaço de mim.
Depois volte e me encontre novamente.


Leia também
PAU DE FITAS há 3 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 4


PAU DE FITAS há 3 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 3


Falta de Amor ao Próximo há 7 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 29


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 8 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 13 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16


ETERNAL (rondó) há 1 dia

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 8