Pauliceia

19 de Fevereiro de 2012 Charlene França Poesias 595

Sempre sonho com você, saudade.
Saltando à vista, tua luz, intensidade.
Lembrança de uma chuva clara, nuvem rara,
De um sorriso apressado, inacabado,
peito que dispara.

Amor à distancia, cheio de som, sussurro
Ritmo sem fim, porto seguro.
Canto no escuro, luminoso, frio
Um olhar perdido, sofrido,
Beijo à margem do rio.

Desvairada, louca, apaixonada,
Tira o sono, Paulicéia poderosa, multifacetada.
Não permita ó Deus que eu morra,
Sem rever a minha amada.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Traços Mudados há 1 hora

O tempo passou, e eu nem percebi... Meus Deus, o que mudou? Envelheci. ...
a_j_cardiais Poesias 24


Queimando os Últimos Cartuchos há 1 hora

Sinto que estou queimando os últimos cartuchos... Estou chegando ao fim....
a_j_cardiais Poesias 23


"Posso ser o poema" há 4 horas

Barcos que navegam, ao luar, as imensas ondas do mar até as nuvens lá n...
joaodasneves Poesias 5


"Vi em ti" há 12 horas

Em ti eu vi o sol, o mar senti o vento aprendi a viver, soltei o sentime...
joaodasneves Poesias 6


"Tenho" há 12 horas

Tenho amor para dar Paixão para receber Sei perdoar, mas não posso esq...
joaodasneves Poesias 8


"Queria ser o mar" há 12 horas

Queria tanto ser o mar Te abraçar com as minhas ondas Te desejar na arei...
joaodasneves Poesias 7