Rio, eu gosto de você

22 de Fevereiro de 2012 Charlene França Poesias 459

Só pra dizer
O quanto eu gosto de você.
Um poeta em cada esquina,
Em cada rua, um por quê.

Um menino sem rumo
Um morro a descer
Um farol apagado, olhos caídos
Nuvem de fumo
Guanabara a ferver.

Somente pra dizer
O quanto gosto de você eu canto
Teu gingado marcado, teu calor dourado
Força que verseja, sacoleja, dói e faz doer.

Quero tanto e canto o teu sorriso,
De alto a baixo, singular, sofrido
Verso branco, grito perdido, voz sem dono

E andando sozinho, mais preciso
Ver nas mãos de Cristo, teu pranto conciso
A segurança do teu sono.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Te Desejar Só, Não Basta há 5 horas

Fico aqui te desejando... Mas você bota tanto empecilho, tanta dificulda...
a_j_cardiais Poesias 38


Só Fale de Amor Com Sinceridade há 5 horas

Não faz mal nenhum você dizer para alguém: Eu te amo! Não faz mal ...
a_j_cardiais Poesias 25


"Confesso-te que..." há 11 horas

Ao perder um grande amor, Confesso que até chorei, Mesmo assim tudo ...
joaodasneves Poesias 6


Vida Pela Via da Fé há 14 horas

O que poderia o ministério da Lei sob o Antigo Testamento, fazer por si m...
kuryos Artigos 9


Para quem é a Mudança da Lei de Moisés há 16 horas

O apóstolo Paulo afirma que o crente não está sob a lei e sim sob a gr...
kuryos Mensagens 7


Cultivando Observações - 1 há 17 horas

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 30