Perguntas-me como posso te amar
mesmo sem ter visto seu coração
digo que nasceu de um olhar
que acendeu minha paixão.

A meiguice de seu olhar
foi a magia que mudou meu viver
aprendi o gosto de amar
que não me deixa te esquecer.

Se eu não te amasse tanto assim
não dedicaria tempo a ti
você me faz ver as flores do jardim
e desejar-te sempre aqui.

O amor que nasceu desse olhar
faz meu coração mais forte bater
vejo-te no brilho do luar
e passo as horas a te descrever.

Nos meus sonhos contemplo seu sorriso
sempre misteriosamente belo
esse amor é o que mais preciso
para construir o meu castelo.

Se eu não te amasse tanto assim
estaria preso na indigna solidão
mas seus braços são alento para mim
e dá nova vida ao meu coração.

Toda minha vida vou te amar
e não tirar seu encanto do pensamento
nos seus sonhos quero navegar
deixando-me ser levado pelo vento.

Expresso aqui o meu desejo
que fervilha no meu ser
não há nada melhor que seu beijo
que possas alegrar o meu viver.

Se eu não te amasse tanto assim
minha vida seria tão triste
você é o sonho que sempre quis pra mim
a melhor das coisas que existe.

www.odairpoetacacerense.blogspot.com