A pintura da poesia

14 de Março de 2012 Marcelo Bancalero Poesias 388

Assim faço a pintura da minha poesia
Um retoque em cada palavra que nasce
Para que assim o verso tenha harmonia
Tendo outra rima eu ratífico o impasse

Não deixo que ela perca suas cores
Busco no arco-íris a matéria perfeita
E as pétalas coloridas de todas as flores
Inspiram cada linha que vai sendo refeita

Pois se a poesia faz parte de todas as artes
Por que não usaria também certas habilidades?
Como um pouco da sensibilidade de um pintor?

Pois assim , o poeta como em uma tela se esforçaria
Pra fazer como uma pintura de sua poesia
Que expressa-se a beleza do seu amor!


Marcelo Bancalero
Enviado por Marcelo Bancalero em 14/11/2009
Código do texto: T1922648

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
PAU DE FITAS há 3 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 4


PAU DE FITAS há 3 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 3


Falta de Amor ao Próximo há 7 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 29


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 8 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 13 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16


ETERNAL (rondó) há 1 dia

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 8