TÍTULO DE POETA

18 de Março de 2012 A.J. Cardiais Poesias 382

Juro que não faço questão
de ostentar o título de poeta,
se ser poeta for somente
esta exibição vazia.

Tenho na poesia,
uma lingua afiada.
Não corta nada...
Fere quando denuncia.

Não aguento ver
meus irmãos de barriga vazia
e os hipócritas no poder...

Isso me causa furor.
Por isso costumo dizer:
Poesia, não é só amor.

A. J. Cardiais

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Paz Celestial há 7 horas

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 7


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 22 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 39


Poema Suado há 22 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 34


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 12


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10