TÍTULO DE POETA

18 de Março de 2012 A.J. Cardiais Poesias 370

Juro que não faço questão
de ostentar o título de poeta,
se ser poeta for somente
esta exibição vazia.

Tenho na poesia,
uma lingua afiada.
Não corta nada...
Fere quando denuncia.

Não aguento ver
meus irmãos de barriga vazia
e os hipócritas no poder...

Isso me causa furor.
Por isso costumo dizer:
Poesia, não é só amor.

A. J. Cardiais

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Meu café há 2 horas

UM CAFÉ SEMPRE CAI BEM...ANTES DO ALMOÇO,DEPOIS DELE... TE FAÇO UM CA...
anjoeros Poesias 6


Ao pé do ouvido há 2 horas

Vem cá, menina... Deixa eu te falar, bem lá dentro do teu ouvido, tudo ...
anjoeros Poesias 8


Poesia viva há 2 horas

AMO VOCÊ,MINHA POESIA VIVA... TRAZES NO CORPO AS ESCRITAS DA VIDA OS MOM...
anjoeros Poesias 7


Só pra te aguardar... há 2 horas

QUISERA PODER LER TUA MENTE... SABER O QUE POSSO FAZER PARA TE SATISFAZER ...
anjoeros Poesias 6


A dor fazia lembrar. há 13 horas

Eu lhe atribui tudo de muito vil... No mais absoluto reflexo e pensar. P...
elisergio Sonetos 18


Meu sonho de mulher há 15 horas

Você é o meu sonho de mulher meu pensamento que se tornou realidade.. C...
anjoeros Poesias 10