Não deixe a poesia pura.
Deixe um pouco
De gordura
E algum resquício
De loucura.

Faça com que ela
Não seja mole,
Nem dura.

Que tenha jogo
De cintura
Para requebrar
Na palavra
E mostrar formosura.

A. J. Cardiais