Desejos Proibidos

26 de Março de 2012 Branca Tirollo Poesias 418

Beije-me! Uma eternidade mui amante
Nesta doce magia que comporta
O triste eco do bater da porta
Entre nossos míseros instantes

Beija-me! Como um tufão em fúria
Ao atirar sobre chão - raios em cruzes
Beija-me! Como o reflexo complexo
Destas negras e desiludidas luzes

Beija-me! Como onda inquieta
Que ronda o céu e serena beija areia
Como o cair da noite - no raiar do dia

Como sol ardente e lua fria
Quero teu beijo! Beija-me!
Neste mísero instante de magia


( Da obra: A Magia da Solidão)

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Vem me dominar... há 2 horas

Adoro me sentir dominado por você! Sentir-me teu objeto amado,desejado e ...
anjoeros Poesias 7


Seduza-me... há 2 horas

Vem tirar minha toalha, vem me ensaboar por completo, me seduza,engula,de...
anjoeros Poesias 6


Minha satisfação é a tua satisfação há 2 horas

QUISERA PODER LER TUA MENTE...SABER O QUE POSSO FAZER PARA TE SATISFAZER E ...
anjoeros Poesias 6


Doce invasão... há 2 horas

ME DEIXA INVADIR TUA CASA, TUA VIDA! ME DEIXA SER PARTE DE TI... ME DEIX...
anjoeros Poesias 6


# Muitas coisas sobre o tesão... há 2 horas

Todo mundo usa exaustivamente essa expressão que já virou lugar comum: te...
anjoeros Artigos 7


A ARVORE MALIGNA há 3 horas

Durante muitos anos venho me deparando com problemas nas famílias cri...
claviojj Crônicas 7