Um Pouco de Tudo

02 de Abril de 2012 André Pinto Poesias 690

O teu sorriso é capaz de destruir
Com o pior dos desejos que habita o coração humano!
A INVEJA!!
A felicidade é compartilhada!
Dizem que as pragas também...

Então vou te rogar uma:
Que sejas extremamente feliz!
Pois tua felicidade contagia a todos!
Vou confessar-te um segredo:
És a princesa do meu castelo!

Sem tua presença em meus domínios
O caos se faz presente!
Meus campos morrem,
Minhas flores secam...
Meus súditos se perdem com minhas ordens desconexas.

Sem tu, meu reino é tão tosco e pobre.
Principalmente de amor e beleza!
Como viver assim?!
Sem harmonia e beleza.
Sem vida e sem cor.

Sem brilho e sem amor.
Ah! Não sumas, por favor!
Tua presença é o raro licor
É a taça do mais puro champanhe.
É o cheiro inebriante do mais antigo vinho!

Sem tua presença em meus domínios
Não sei viver!
Não sei sorrir!
Não sei amar!
Nunca saia do meu lado.

Pois sem tu, a vida não tem graça;
Não ter cor; não tem cheiro e nem sabor;
Não tem esperança e muito menos amor!
Sem te ter ao meu lado, não terei um reinado
E nem rei eu sou!

Sem tu ao meu lado,
A vida passa...
Tão triste e chata.
Sem tu ao meu lado,
Não tem graça!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 13


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 10


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 10


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 11


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 10


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 8