AINDA BEM

05 de Abril de 2012 A.J. Cardiais Poesias 326

O seu corpo me chama...
Levo você pra cama,
me lambuzo, me embriago.
E você não toma nem um "trago".

Você não brinda comigo...
Você só "brinca" comigo.
Se sente no poder
quando me vê
ardendo de desejo.

Ainda bem que é só desejo...
Pois o desejo, depois de saciado,
acaba passando.
Pior seria se eu estivesse
desesperadamente te amando...
Imaginem o que eu estaria
aguentando.

A. J. Cardiais

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Confesso-te que..." há 3 horas

Ao perder um grande amor, Confesso que até chorei, Mesmo assim tudo ...
joaodasneves Poesias 5


Vida Pela Via da Fé há 6 horas

O que poderia o ministério da Lei sob o Antigo Testamento, fazer por si m...
kuryos Artigos 9


Para quem é a Mudança da Lei de Moisés há 8 horas

O apóstolo Paulo afirma que o crente não está sob a lei e sim sob a gr...
kuryos Mensagens 5


Cultivando Observações - 1 há 10 horas

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 18


"É tarde demais" há 12 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 11


"Amada Amante"... há 12 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 8