Mais de Cristo, Menos de mim Mesmo

24 de Abril de 2017 Pr CJJacinto Poesias 296


Mais de Cristo, menos de mim mesmo
Mais de seu sacrifício, menos de meu conforto
Mais de Cristo menos de mim mesmo
Mais de sua humildade, menos do meu orgulho
Mais de sua cruz, menos de minhas obras mortas
Mais de Cristo, menos de mim mesmo
Que ele sempre cresça e eu desapareça
Que Ele Seja exaltado e eu diminuído
Que ele seja tudo e eu dependente dEle
Mais de Cristo, menos de mim mesmo
Mais do seu caráter e menos de minha hipocrisia
Mais de sua perfeição e menos de minhas falhas
Mais de sua coragem e menos de minha timidez
Mais Confiança nEle, menos apego aos homens
Mais de Cristo, menos de mim mesmo
Que Ele tenha a proeminência, não eu mesmo
Que seja feita a vontade dEle, e não a minha vontade
Que haja mais ensino dEle, e menos minhas opiniões
Que Ele seja mais exaltado e eu menos auto-idolatrado
Que ele seja pra sempre Salvador de mim mesmo, imerecido.
Mais de Cristo na bendita redenção e nada de mim mesmo...

CLAVIO JACINTO

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
CONTOS DO ANDARILHO A MULTIPLICIDADE NA UNIDADE. há 1 dia

CONTOS REFLEXIVOS DO ANDARILHO ...
paulocesar Acrósticos 14


A Motivação Correta há 2 dias

“Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porquanto não estais deba...
kuryos Artigos 18


A CALÇADA DE PEDAÇOS DE OUTRAS CALÇADAS há 2 dias

Ele acreditava em seu mundo; seu mundo, também esperava por ele. Ele se...
paiva Poesias 31


Ir, importa mais que a direção. há 2 dias

Vens, ama-me de vez em quando, Ainda quem sem tanto interesse. E assim pe...
elisergio Sonetos 16


A CASA DE BARRO há 3 dias

A CASA DE BARRO Por Roosevelt Vieira Leite A casa de barro de minha cun...
paiva Poesias 39


MULHER-ESPETÁCULO há 3 dias

MULHER-ESPETÁCULO Ela sozinha vale já o ingresso!... Seminua no palco...
ricardoc Sonetos 23