Reencarnação

18 de Maio de 2017 A.J. Cardiais Poesias 134

Este sonho, apontando para mim,
dispara sobre o meu corpo
cobranças do que eu deixei passar...
Fantasmas do além mar,
investem sobre mim quando deito.

E esta dor, em meu peito,
não é dor...
São culpas pelos maus feitos
ou por não fazer...

Quando em mim, o prazer
parecia ser
melhor que tudo,
entrei calado, saí mudo...
Não disse o que vim fazer.

A.J. Cardiais
13/07/2007

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Colagens da Vida há 18 horas

A vida é feita como colagens: momentos de fracassos momentos de vantagen...
a_j_cardiais Poesias 37


Poemas Sem Esquadros há 19 horas

Os meus poemas não são feitos com esquadros. São momentos capturad...
a_j_cardiais Poesias 40


O Passado Não Muda Nada há 19 horas

Você só vive reclamando de coisas que fiz de errado num passado bem dis...
a_j_cardiais Poesias 44


DEUS EU TE QUERO há 1 dia

Com o consentimento do meu pensamento, Deus eu te adoro, Com...
denilson Poesias 23


DEUS É MINHA PROTEÇÃO há 1 dia

O destruidor anda irado buscando arrasar, Ele é o inimigo da minh...
denilson Poesias 29


OS FILHOS DE DEUS há 1 dia

Os filhos de Deus se apresentam como sacrifício vivo, Você pode ...
denilson Mensagens 25