Saudades

02 de Maio de 2012 João pinheiro Poesias 512

Deitado na varanda ouvindo o canto do vento que passa a assobiar, vento que sopra as folhas das árvores começam a balançar.
Vento de primavera, o cheiro da terra me encanta a sonhar em tempos que vivia na minha cidade ficava a pensar; um dia vou embora pra nunca mais voltar.
Esse dia chegou longe da minha cidade estou, sempre que chove sinto o cheiro da terra me pego a chorar lembrando dos tempos em que era feliz.
tempos que não voltam mais, fico aqui na minha varanda ouvindo o vento a cantar melodias melancólicas , e os olhos tristonhos começam a chorar.


Leia também
Circunstâncias há 15 horas

Não quero me perder, procurando a perfeição... Ser perfeito em quê? ...
a_j_cardiais Sonetos 38


"A maldade" há 1 dia

De que me serve escrever, inventar, sonhar sem pensar No meu interior me a...
joaodasneves Poesias 8


"Não sei" há 1 dia

Hoje tenho vontade de rir Mas também tenho vontade de chorar Ja nem sei ...
joaodasneves Pensamentos 5


Domínio do Pecado ou da Graça há 2 dias

Se é impossível não pecar enquanto estivermos neste mundo, por que J...
kuryos Mensagens 19


Ventinho Delicado há 3 dias

Uma mulher passa com seu rebolado... Um ventinho delicado faz seu vestid...
a_j_cardiais Poesias 55


Mortos Vivos, Vivos Mortos há 3 dias

O que é viver? Tem gente que tem tudo, e não se sente feliz... Fica as...
a_j_cardiais Poesias 56