Parecendo Insano

05 de Agosto de 2017 Benê Lima Poesias 63

Na guarda da retaguarda e da vanguarda,
Coexistem a realidade e o sonho,
Pacificados pela esperança de um porvir,
Repleto de ideais concretizados.

Nesse turbilhão de desejos incontidos,
Revolve-se uma vida tão contida,
Fazendo-se ora afoita ora reprimida,
Moldando-se às contingências das alternâncias,
Intrinsecamente tão comuns à nossa vida.

E seguimos, entre revoltos mares e remansos,
Entre díspares, opostos, dissensos e consensos,
Algumas vezes nos quedando outras nos curvando,
Buscando, sempre, forças renovadas
Para lutas renhidas, da vida pela vida.

Na infelicidade não há coerência:
Somos feitos para sermos felizes!
Valor não há em valores violadores da vida.
Vida em seu mais amplo e cósmico sentido,
Que redime culpas, que exorciza medos,
Que nos faz inteiro nada de arremedos,
Que nos faz pulsar, sentir, existir,
Não importa se com ou sem segredos.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ALJÔFAR há 10 horas

ALJÔFAR Cintila sobre a face embevecida Essa lágrima só de maravilha...
ricardoc Sonetos 6


UM GULOSO CEGO NO CABARÉ há 10 horas

O homem chega no cabaré e a dona do brega oferece: -Tenho uma mulata e um...
reribarretto Humor 28


EM GRUPO há 11 horas

EM GRUPO Ser mais um entre muitos ou não ser? Eu, para bem ou mal, me ...
ricardoc Sonetos 7


CICATRIZES há 1 dia

As lágrimas não mais caiam, Pois já era um outro dia, Mas, ainda exist...
juniorcampos Indrisos 19


TODO O CÉU VAI TE PERTENCER há 1 dia

Não são só meu olhos que ficam feliz por te ver, meu corpo só sabe te...
juniorcampos Indrisos 14


Ê coração há 1 dia

Ê coração que gosta de bater, Com isso, eu que apanho... Acelera no pe...
juniorcampos Indrisos 10