VOU DORMIR NO CHÃO DESTE BAR

08 de Agosto de 2017 JUNIOR CAMPOS Poesias 53

Vou tomar todas, eu e a solidão
Desce mais uma nevada!
Não tenho preferência de marca,
importante é que esteja gelada.

Traga mais um copo!
A alegria acabou de chegar,
vou virar a noite,
na mesa deste bar.

Não se preocupe com a conta,
dinheiro eu tenho para pagar.
Se ela ficar muito alta,
Talvez eu mande pendurar...

Se eu começar a dar trabalho,
Livre-me do meu celular,
Pois, só vou fazer besteira
e o negócio não vai prestar

Se me ligar uma tal de Bruna,
E, eu não puder falar,
invente uma desculpa...
Que amanhã vou retornar.

Garçom, meu amigo garçom,
Sei que contigo posso contar,
Se eu ficar muito ruim
Vou dormir no chão deste bar!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
CORNÓPOLIS. há 2 horas

Em Cornópolis tudo é malandragem. Tudo termina em pizza, quando o sujei...
reribarretto Humor 26


um amor incondicional épico! há 18 horas

Quão linda estas hoje amada minha! Não, não fale nada, aprecie o mome...
diannahgomes Mensagens 12


Tentando há 18 horas

Estou mantendo-me de pé por questão de escolha, pois por tudo que sucede ...
diannahgomes Pensamentos 12


pensamentos há 18 horas

Eu não preciso nem fechar os meus olhos que eu te vejo, Que eu te sinto, ...
diannahgomes Poesias 10


SOU PRA VOCÊ... há 2 dias

SOU PRA VOCÊ... Sou pra você mais do que mereço Você sempre atent...
seldaantunes Poesias 56


Rouba-me! há 2 dias

Rouba-me! Surge assim do nada e rouba-me! Rouba-me meu amor e ainda...
seldaantunes Poesias 42