VOU DORMIR NO CHÃO DESTE BAR

08 de Agosto de 2017 JUNIOR CAMPOS Poesias 76

Vou tomar todas, eu e a solidão
Desce mais uma nevada!
Não tenho preferência de marca,
importante é que esteja gelada.

Traga mais um copo!
A alegria acabou de chegar,
vou virar a noite,
na mesa deste bar.

Não se preocupe com a conta,
dinheiro eu tenho para pagar.
Se ela ficar muito alta,
Talvez eu mande pendurar...

Se eu começar a dar trabalho,
Livre-me do meu celular,
Pois, só vou fazer besteira
e o negócio não vai prestar

Se me ligar uma tal de Bruna,
E, eu não puder falar,
invente uma desculpa...
Que amanhã vou retornar.

Garçom, meu amigo garçom,
Sei que contigo posso contar,
Se eu ficar muito ruim
Vou dormir no chão deste bar!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
ALJÔFAR há 9 horas

ALJÔFAR Cintila sobre a face embevecida Essa lágrima só de maravilha...
ricardoc Sonetos 6


UM GULOSO CEGO NO CABARÉ há 10 horas

O homem chega no cabaré e a dona do brega oferece: -Tenho uma mulata e um...
reribarretto Humor 28


EM GRUPO há 11 horas

EM GRUPO Ser mais um entre muitos ou não ser? Eu, para bem ou mal, me ...
ricardoc Sonetos 7


CICATRIZES há 1 dia

As lágrimas não mais caiam, Pois já era um outro dia, Mas, ainda exist...
juniorcampos Indrisos 19


TODO O CÉU VAI TE PERTENCER há 1 dia

Não são só meu olhos que ficam feliz por te ver, meu corpo só sabe te...
juniorcampos Indrisos 14


Ê coração há 1 dia

Ê coração que gosta de bater, Com isso, eu que apanho... Acelera no pe...
juniorcampos Indrisos 10