Desabrochar de Estrelas

05 de Outubro de 2017 Pr CJJacinto Poesias 34

Ouvi o rio e as chuvas
As flores desabrocham no campo
Os pássaros cantam no entardecer
Nas montanhas nascem as fontes
O jardim é guardão dos perfumes
Dizem que as flores morrem e se secam
Nunca mais retornam
As colinas verdejantes não creem nisso
Depois que a alma do ermo adormece
A vida sem cores se estabelece
Como sombras de fabulas noturnas
Mas um dia a primavera vem radiante
Como aquela noite ao eco da tarde
Faz desabrochar novamente todas as estrelas.

Clavio J. Jacinto


Leia também
CORNÓPOLIS. há 2 horas

Em Cornópolis tudo é malandragem. Tudo termina em pizza, quando o sujei...
reribarretto Humor 26


um amor incondicional épico! há 18 horas

Quão linda estas hoje amada minha! Não, não fale nada, aprecie o mome...
diannahgomes Mensagens 12


Tentando há 18 horas

Estou mantendo-me de pé por questão de escolha, pois por tudo que sucede ...
diannahgomes Pensamentos 12


pensamentos há 18 horas

Eu não preciso nem fechar os meus olhos que eu te vejo, Que eu te sinto, ...
diannahgomes Poesias 10


SOU PRA VOCÊ... há 2 dias

SOU PRA VOCÊ... Sou pra você mais do que mereço Você sempre atent...
seldaantunes Poesias 56


Rouba-me! há 2 dias

Rouba-me! Surge assim do nada e rouba-me! Rouba-me meu amor e ainda...
seldaantunes Poesias 42