Desabrochar de Estrelas

05 de Outubro de 2017 Pr CJJacinto Poesias 59

Ouvi o rio e as chuvas
As flores desabrocham no campo
Os pássaros cantam no entardecer
Nas montanhas nascem as fontes
O jardim é guardão dos perfumes
Dizem que as flores morrem e se secam
Nunca mais retornam
As colinas verdejantes não creem nisso
Depois que a alma do ermo adormece
A vida sem cores se estabelece
Como sombras de fabulas noturnas
Mas um dia a primavera vem radiante
Como aquela noite ao eco da tarde
Faz desabrochar novamente todas as estrelas.

Clavio J. Jacinto


Leia também
ALJÔFAR há 10 horas

ALJÔFAR Cintila sobre a face embevecida Essa lágrima só de maravilha...
ricardoc Sonetos 6


UM GULOSO CEGO NO CABARÉ há 10 horas

O homem chega no cabaré e a dona do brega oferece: -Tenho uma mulata e um...
reribarretto Humor 28


EM GRUPO há 11 horas

EM GRUPO Ser mais um entre muitos ou não ser? Eu, para bem ou mal, me ...
ricardoc Sonetos 7


CICATRIZES há 1 dia

As lágrimas não mais caiam, Pois já era um outro dia, Mas, ainda exist...
juniorcampos Indrisos 19


TODO O CÉU VAI TE PERTENCER há 1 dia

Não são só meu olhos que ficam feliz por te ver, meu corpo só sabe te...
juniorcampos Indrisos 14


Ê coração há 1 dia

Ê coração que gosta de bater, Com isso, eu que apanho... Acelera no pe...
juniorcampos Indrisos 10