Medos...

15 de Outubro de 2017 selda Kalil Poesias 158

Medos...


Meus segredos!
Meus mistérios!
Guardei dentro de mim
Estão vazando, quase explodindo.
Grito estridente para alguém ouvir.
==========================
Rezo em cima das minhas crendices
Vigio meu ego sem muitos caminhos
Fechei um livro que não devia
Enclausurei-o ao nada consta
Não sei se por medo ou covardia
Deitei sobre o tempo, me agredi.
========================
Sugeri que os escritos se perdessem
Fui jogando, fui lotando.
Se espalhando, derramando.
Suas pontas amareladas encolheram-se
Esquecidas, sem arremates, emudeceram-se.
============================
Armei um circo
Convidei plateias
Senti os aplausos da espera
Mirei entre as gretas
Sem rastros, me escondi.
Medo presente estava ali
====================
Meus medos, segredos, mistérios.
Inibiu meu caminhar
Lacrou minha alma
Apossou-se do meu bem estar
=======================
Enfim...
Minha vida explodindo lá fora
E eu aqui...
Tenho medo, não posso ir.

Selda kalil


Leia também
"Estou triste" há 2 horas

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 4


"Estou cá a matutar" há 2 horas

Esses dias ando meio triste muito confuso, ando a querer isolar-me, f...
joaodasneves Pensamentos 4


A Humildade nos Cai Bem há 7 horas

Se o domínio total é do Senhor, porque o poder pertence a ele, isto dever...
kuryos Artigos 8


Fuga da Inspiração há 8 horas

Preciso terminar um poema que comecei numa empolgação danada... Dep...
a_j_cardiais Poesias 39


Um Dilema há 9 horas

Estou aqui reclamando da minha "vidinha", enquanto tem alguém por aí que...
a_j_cardiais Poesias 38


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 6 há 11 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 15