Os lobos espreitam escondidos...
Como não dou ouvidos,
mastigo meus textos devagar,
sem me contrariar.

Dou abertura à palavra,
e ela então crava
os dentes na hipocrisia.

Este poema (ou poesia),
tem o sentido de lava:
vai jorrando de mim,
destruindo tudo ao redor...

Logo vocês terão
uma visão
magmática.

A.J. Cardiais
08.02.2010