De que me serve escrever, inventar, sonhar sem pensar
No meu interior me atormenta a maldade desta realidade
De noite sonhei que era feliz.
Pela manha seguinte acordei, e me assustei
A meu lado estava deitada a maldade
Roguei alto a Deus, de mim tenha piedade...