Senhor, este poeta perdido
vem Vos fazer um pedido:
dai-me Vossa paz.

Senhor, eu não sou capaz
de orar como vejo muitos orando:
parece que estão lamuriando.

Senhor, eu não sei “lamuriar”...
Então abro meu coração, peço
e antecipadamente agradeço.

Jesus, sei que não mereço
nenhuma comiseração...

Mas se o Senhor é Filho de Deus,
é meu Pai e também meu Irmão...
Tende compaixão.

A.J. Cardiais
19.03.2012