Quem dera ir mais além, cantar mais alto
Sobre esse chão salgado onde nasci
fiz uma canção feita de ilusão
E ergo a minha voz para cantar
na noite de São João...

Outrora, era mais bonito o São João
Com as fogueiras pelo chão,
com os mais velhos a saltar
e crianças que não paravam de brincar...

Na noite de São João,
seja no Porto ou não.
Em cada largo uma fogueira.
Em cada pessoa há a magia da brincadeira...

Esta pequena homenagem a São João
és festejado pelas nossas comunidades
Da igreja vestida de cor, sais em cima do andor.
E espalhas pelas ruas a fé e o amor

no passar da procissão
pessoas te olham, se ajoelham e rezam
e te pedem perdão,
és o nosso santo Padroeiro és o nosso São João...

Tsunami de lagrimas, 24.06.2018, Luzerna