Se Você Sumir

31 de Julho de 2012 EMILIO SANCHEZ Poesias 1744

Se você sumir
O que farei?
Sem o seu abraço?
Sem o teu colo?

Se você sumir
Como faço?
Agirei da mesma forma de antes
Rebuscar um grande amor torturoso
Que me fizestes sonhar
Eu sei que me ama bem
Eu me entrego,sou seu refém
Se você sumir
Vou a qualquer lugar do mundo te encontrar
Não posso te perder
Não irás sofrer
Sei e sinto tudo isso
Sei que não é nada disso
Posso ser castigado no futuro sem esse seu amor
Mas sabe que você enlouquece
E sem a sua presença meu coração endurece
Volta, rápido
A paixão e o amor ficaram
Perderá o teu beijo
Mas não perde o desejo
De ficar sozinho
Com a solidão
Perderá a essencia?
Que este amor sempre teve
Fique comigo desesperadamente
Mesmo que machuque
Quero o teu lado
Se você sumir
Será sem graça
No meu passado,presente e futuro
Te amo!!!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 4 horas

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 9


Principio há 4 horas

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 8


Viandar há 4 horas

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 7


Fluxo do tempo. há 4 horas

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 9


Sou há 4 horas

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 8


Ame...! há 4 horas

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 6