Anjo da guarda

08 de Agosto de 2012 João pinheiro Poesias 591

Se queres saber quem eu sou!
Olhe para o horizonte quando menos esperar sussurrarei em teu ouvido, pois sou o vento a te soprar.
Se queres saber quem eu sou!
Abras a janela iluminarei teu lindo rosto, pois serei eu os primeiros raios do sol a te iluminar.
Se queres saber quem eu sou!
Ao cair da tarde vá ao mar e lá estarei pois serei o por-do-sol, escondendo-me nas águas do mar.
Se queres saber quem eu sou!
Procure na imensidão do céu a estrela que mais brilhar lá estarei, e por mais que se sinta só sempre estarei contigo.
Pois sou eu o teu anjo da guarda.


Leia também
REMEXENDO OS GUARDADOS há 11 horas

Entre as páginas amareladas Dum velho romance de amor Guardei a carta pe...
madalao Poesias 11


CLAMOR ( rondel) há 11 horas

Justiça! Vivo clamando aos quatro ventos. Silêncio! Porque resposta eu n...
madalao Rondel 5


OH HOMEM! (rondel) há 11 horas

Oh homem! Teus calores me agitam, E meu corpo fica em estado convulsivo. ...
madalao Poesias 7


E AGORA? (rondel) há 11 horas

E agora? Que podemos fazer? Remediar é coisa que não adianta. O mal f...
madalao Rondel 7


CORPOS UNIDOS há 11 horas

E me puseste no teu leito, Com cuidados de amante perfeito. De desejos mi...
madalao Poesias 7


Defensoria há 23 horas

Estou como os advogados: procurando brechas, nas leis do sistema, para d...
a_j_cardiais Poesias 40