Linguagem do olhar.

26 de Junho de 2011 Tarcisio Cavalcanti Poesias 452

Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada.
Tuas palavras ficaram presas, e teu olhar não escondera o que sentes.
Teu olhar, e meu olhar, ficaram congelados esperando palavras que talvez nunca sejam ditas, escritas, sonhadas, cantadas,
E nenhuma madrugada será suficiente para que entendamos
As mensagens que tentamos um ao outro passar
E assim ficaremos, até que tenhamos coragem, pra o primeiro passo.

A final...
A linguagem é uma fonte desentendimentos.
Entendimentos, E sentimentos.
E sofrimentos.
Que palavra alguma e capaz de demostrar
E esconder.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
" Amar é" há 8 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 6


PAU DE FITAS há 13 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 5


PAU DE FITAS há 13 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 5


Falta de Amor ao Próximo há 17 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 37


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 18 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 23 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16