COISAS DA TERRA

08 de Outubro de 2012 ROOSEVELT Poesias 491

COISAS DA TERRA
Meu coração acelera.
Meu corpo inteiro esquenta; o suor escorre do rosto lentamente.
Sinto uma mão delicada deslizar suavemente sobre minha pele eletrizada.
Recordo-me dos dias de criança.
Essas coisas eu não fazia embora a fantasia as desejasse.
Como é bom sentir cada segundo do tempo que passa sob o controle de teus movimentos.
Esse ritmo deixa qualquer pessoa enfeitiçada!
É carne com carne, nervo com nervo que faz nós dois se entregarem a tal aventura.
Foi o desejo que pulou dos olhos e caiu no coração.
Foi teu jeito;
Foi teu cheiro;
Tua voz.
Esse tom faceiro no final da frase: “Vamos, meu amor!”
Meu coração corre ainda mais.
Ouço sussurros ao ouvido e acredito em tudo.
Pelo menos, em nome do momento.
Casamento?
Pra que? Se tivermos o bom sem termos o ruim?
Ah! Minhas fibras!
Agora sou um ser que transcende o tempo e nas montanhas altas faço meu ninho.
Nós dois sabemos o que queremos;
Damos ao outro uma centelha de luz.
Meu coração se aquieta.
Percebo que seu corpo deita ao meu lado.
Silêncio!
Adormecemos juntos.
O dia amanhece, e em seu lugar estava um bilhete escrito à mão:
Quando teu marido viajar novamente, me telefone!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 14


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 11


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 10


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 11


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 11


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 10