Fruto Proibido

27 de Junho de 2011 Caetaninho Abe Poesias 520

Devo ouvir meu pai? Ah amora!
Fico a mercê da tentação?
Agüento tua cor de paixão?
Pergunto ao pai;Eva chora

Fruto proibido és;Ah amora!
Da arvore do paraíso
Onde pai me deixou outrora

Eu,Adão, medo tenho ao guizo
Da cobra que me oferece
Pecado mortal da amora

Sei que me atenta pois me adora
Faz testes com a própria amora
Vou cair;Eva adormece

Pequei, não agüentei;Ah amora!
Mordi-te, saí, fui embora
Adeus Deus-pai!Adeus Amora!

@opequenocaetano


Leia também
CICATRIZES há 3 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 4


" Amar é" há 14 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 9


PAU DE FITAS há 18 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 23 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 42


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 23 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 1 dia

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16