Lágrimas de Luz

17 de Janeiro de 2013 MCSCP Poesias 374

As lágrimas são puras
Elas brotam da verdade
Como as estrelas na noite escura

As lágrimas são quentes
Elas derretem a frieza
Dos corações indiferentes

As lágrimas são salgadas
Porque somos o sal da terra
Em nossa divina jornada

As lágrimas nutrem nossos sentimentos
Como o orvalho singelo
Que torna o solo acolhedor e sereno

As lágrimas destroem as máscaras
Que a vaidade nos impõe
Nesse mundo de ilusões e farsas

As lágrimas são humildes e serenas
Reconhecem que são gotas
Não importa se são pequenas

As lágrimas são generosas
Sabem compartilhar alegrias e tristezas
Com os olhos à nossa volta

As lágrimas são iguais
Não importam as diferenças
No momento em que elas caem

Elas brincam em meu rosto
Na felicidade ou na tristeza
Libertam-me dos desgostos
Libertam-me das incertezas

São o sangue do Cordeiro
A escorrer pela Cruz
Bem-aventurados os que choram
As lágrimas vêm de Jesus.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"Minha humilde casinha" há 19 horas

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 14


Se Poema For Oração há 1 dia

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 45


"Bailei com a solidão" há 1 dia

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 11


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 1 dia

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 13


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 1 dia

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 9


Separação há 2 dias

Pensei que separação fosse fácil... Que fosse só deixar seu amor, e ...
a_j_cardiais Poesias 40