MANIFESTO REVOLUCIONÁRIO

17 de Janeiro de 2013 MCSCP Poesias 368

O nosso Estado não é de bem-estar social
Mas sim de medo, de violência e de caos total.
A elite dirigente, por meio de seus aparelhos ideológicos,
Forja paradigmas desumanos, teratológicos.

E com discurso dissimulado e uma falsa bondade,
Dissemina preconceitos e camufla a verdade.
E assim, a cada dia, cresce a desigualdade,
Massacrando inocentes e exaltando covardes.

E assim, também, avança o capitalismo selvagem
E o povo busca, no livro de autoajuda, alcançar prosperidade.
Mas a luta continua, ainda há pensadores
Que buscam a verdade para desmascarar os opressores.

Principalmente os corruptos, sujos traidores,
Que sabem iludir o povo em troca de favores.
E usando de boa aparência e de demagogia,
São eleitos pelo voto da empolgada maioria.

E, em vez de ajudarem o povo a se emancipar,
Desviam verbas e até a ficha suja conseguem limpar.
E ainda querem que o Brasil vá para frente,
Mas tratam os revolucionários como sonhadores inconvenientes.

Só que uma coisa eu tenho a dizer
Aos que "vendem a alma" em troca de poder:
Eu sigo lutando, ainda que com palavras,
Não deixo e nunca deixarei de ser uma revolucionária.

Conflitos não se resolvem com armas, nem com violência.
Seres racionais usam o diálogo para superar as diferenças
E reconhecem, nas diferenças, a diversidade
Que não é e nunca será sinônimo de desigualdade.

Podemos, sim, ter um mundo e um país melhor,
Só que poucos acreditam e pensam o pior.
E ficam pensando e pensando uma eternidade...
São os reacionários, que só sabem reclamar da realidade.

Algumas pessoas até se perguntam : "O que posso fazer?"
A estas, eu respondo:"A mudança começa em você!
Em vez de se deixar iludir,
Comece a refletir e a agir.

Vá exercendo a sua cidadania,
Busque melhorar a cada dia.
Não se venda aos interesses do opressor,
Seja livre de todo preconceito, de todo desamor.

Aprenda a aceitar a diversidade
E lute a favor da equidade.
Um mundo melhor é nossa responsabilidade,
Precisamos de amor, de respeito e de dignidade".

Tendo em vista essa reflexão,
É necessário que você faça uma opção:
Ser parte de uma pacífica revolução
Ou se entregar, sem lutar, ao sistema de dominação.

Toda mudança requer coragem e ousadia
E começa com pequenos gestos, dia após dia.
E assim, refletindo, agindo e mudando,
O mundo inteiro vamos revolucionando.

Pois muita coisa não é
Como deveria ser de fato
Pense bem e diga se não é
Verdadeiro este relato:

As religiões, que deveriam ensinar à humanidade,
Dentre outras coisas, a misericórdia, a caridade e a fraternidade,
Brigam entre si, por pura vaidade...
E cada uma se diz dona da verdade.

A família, que é o primeiro passo
para o convívio pacífico em sociedade,
Hoje, desfaz seus preciosos laços...
Nenhum relacionamento tem continuidade.

A escola, que deveria preparar pessoas para a vida,
Está sendo palco de violência desmedida...
Assim, ninguém consegue lutar pela emancipação
Nem despertar consciências para uma transformação.

O trabalho, que deveria ser o meio digno
Pelo qual o ser humano se realiza,
Tornou-se algo desprovido de sentido...
Apenas aliena, explora e escraviza.

Não bastasse tanta coisa errada,
Ainda há as forças repressoras e armadas,
Que brutalizam os indivíduos
E usam violência para resolver conflitos.

Você concorda com isso tudo?
Você deseja, também, mudar o mundo?
Então quebre as amarras, desate os nós,
Expresse o seu pensamento, faça ouvir a sua voz!

Não se cale perante às injustiças,
Não se deixe seduzir pela cobiça.
Não entre no jogo dos dominantes,
Seja um(a) revolucionário(a) perseverante.

Pense nos que ainda virão,
Preserve e cuide do nosso planeta.
Ouça a voz do seu coração
E, em vez de armas, use uma caneta...

E escreva, registre a sua mensagem
No Livro dos Sonhos da Humanidade.
Torne a antiga utopia real:
Um mundo fraterno, pacífico, justo e igual.


Ass. Maria Cleide da Silva Cardoso Pereira

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
" Amar é" há 8 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 6


PAU DE FITAS há 13 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 5


PAU DE FITAS há 13 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 5


Falta de Amor ao Próximo há 17 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 37


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 18 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 23 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16