Correr sem direção

17 de Janeiro de 2013 M.Aurélio Poesias 406

As portas se fecham.
O coiote está a solta.
A lua mostra a sua face mais brilhante
enquanto crianças brincam com o vento.
Pode gritar.
Pegue suas armas, saia da arena pois já é noite.
O leão não foi derrotado.
As velas estão acesas ao chão da catedral.
A multidão se recolheu, e o tempo passará mais lentamente.
Hoje não vai chover, mas a lua se esconde.
Pode gritar.
Estão chorando!
As sombras choram.
Donzelas mostrem as suas faces. Eles não veem seus olhos brilharem.
Ontem foi um lindo dia.
Os dias são lindos nesta parte da cidade.
Mas precisamos nos esconder, correr sem direção.


Leia também
" Amar é" há menos de 1 hora

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 4


PAU DE FITAS há 5 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 4


PAU DE FITAS há 5 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 3


Falta de Amor ao Próximo há 10 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 31


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 10 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 15 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16