Em decomposição

As luzes se apagaram...
Não vejo minha sombra no chão.
Caminhos não encontrados...
Só rastros de solidão.

Tudo está acabado...
Não posso mais enxergar.
Com os olhos que antes podiam ver...
A vida desabrochar.

Não conheço ninguém...
Que daqui possa me tirar.
Aqui não existe saída...
Sou prisioneiro desse lugar.

Tudo está morto...
Vejo a pele corroendo em minha mão.
O meu corpo está apodrecendo...
Em meu peito não bate mais um coração.

"Denorwaygths" ( André Nascimento )