Linda lagarta

Julgar pela aparência...
É admirar a beleza da capa.
Olhos que somente visam o aparente...
Esquecendo a verdadeira essência.

Após sair do casulo...
A borboleta é adorada.
A partir daí todos esquecem...
Que a enojavam por ser lagarta.

Não importa tamanho, comprimento...
Ou o numero de patas.
Basta acreditar em seus sonhos...
Que o coração te dá azas.

Enxergar com o coração...
É ver através do casulo a verdadeira face,
Sentir mesmo sem que com os olhos possa ver...
Que a lagarta sempre foi uma linda borboleta.


”Denorwaygths” ( André Nascimento )