Questão do/de ser.

25 de Abril de 2013 Lorrana Poesias 395

Tinha tantos planos para os planos.
Pensei em realizar tudo, um pouco de cada vez.
Sempre querendo o muito.
E em muito não me achei.
Em nada.
Nada.
Nada mudou.
Apenas aceito.
A condição Infeliz.
Mas a felicidade.
Vem aos poucos.
Um pouco de cada.
De cada um.


Leia também
" Amar é" há 8 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 6


PAU DE FITAS há 13 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 5


PAU DE FITAS há 13 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 5


Falta de Amor ao Próximo há 17 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 37


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 18 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 23 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16