LIBAÇÃO

25 de Junho de 2013 Luciah Lopez Poesias 269

LIBAÇÃO


no teu colo___________me esparramo!

Sou feito enchente, enxame, exangue pele sob as tuas mãos

Ah, as tuas mãos

sempre tão sedutoras e indecentes me percorrendo

em busca do céu e um cantinho do inferno

essa mistura nada piedosa

nada piegas

mas sabedora das delicias da carne

dos encaixes perfeitos e afoitos

quando te percebo a enxergar

meu sexo desnudo, bêbado e extasiado

pronto a receber a tua nudez de homem.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Para quem é a Mudança da Lei de Moisés há menos de 1 hora

O apóstolo Paulo afirma que o crente não está sob a lei e sim sob a gr...
kuryos Mensagens 5


Cultivando Observações - 1 há 2 horas

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 17


"É tarde demais" há 4 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 8


"Amada Amante"... há 4 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 4


"Eu queria" há 4 horas

Eu queria tanto beijar a tua boca e abraçar-te intensamente. Eu queria t...
joaodasneves Pensamentos 3


"Sabor dos teus beijos" há 4 horas

Parece que foi ontem vi-te passar naquela estrada Cruzei contigo um simpl...
joaodasneves Poesias 5