da angústia de gritar
da ânsia de saber
do desejo de soltar
do medo de perder

o azul que embala
o mar
o verde que enlaça
o ar

a tristeza
que a felicidade traz
com o amor
de quando a noite cai

a solidão
do café forte
agarrando
o doce paladar

o jeito de sofrer
a dor de cair
a aflição de viver
o desagregar do ir

o teu braço
no meu abraço
o meu abraço
no teu braço