Perigo Maior

18 de Agosto de 2013 Renan Nunes Poesias 276

Acho que estou trilhando um caminho sem volta.
Tão obscuro, que nem havia uma porta.
Pulei a janela, me infiltrei nesse ciclo viciante,
Tornando este ato, cada vez mais constante.

O mundo atual, me fez olhar as coisas de outra maneira.
Todos os dias quando sento à mesa, acredito ser a última ceia.
Porém, não há salvador, nem mesmo um anjo,
Apenas a certeza do abandono.

Quando começo a remoer sentimentos,
Tenho a mesma liberdade que um detento.
Escondido entre paredes, alego sentir paz,
Mesmo que eu já nem saiba o que é isso mais.

Minha companheira é a felicidade comprada em cápsula,
Numa esquina qualquer, com uns trocados do bolso da calça.
Na escuridão das ruas, sigo caminhando,
Com vozes ensurdecedoras me atormentando.

Penso estar dando um passo à frente, mas é o contrário.
Se não ando para trás, fico estagnado.
O perigo ainda não me esqueceu,
Me lembrando sempre, que o maior problema sou eu.


Leia também
Circunstâncias há 1 hora

Não quero me perder, procurando a perfeição... Ser perfeito em quê? ...
a_j_cardiais Sonetos 30


"A maldade" há 13 horas

De que me serve escrever, inventar, sonhar sem pensar No meu interior me a...
joaodasneves Poesias 7


"Não sei" há 20 horas

Hoje tenho vontade de rir Mas também tenho vontade de chorar Ja nem sei ...
joaodasneves Pensamentos 5


Domínio do Pecado ou da Graça há 2 dias

Se é impossível não pecar enquanto estivermos neste mundo, por que J...
kuryos Mensagens 16


Ventinho Delicado há 2 dias

Uma mulher passa com seu rebolado... Um ventinho delicado faz seu vestid...
a_j_cardiais Poesias 46


Mortos Vivos, Vivos Mortos há 2 dias

O que é viver? Tem gente que tem tudo, e não se sente feliz... Fica as...
a_j_cardiais Poesias 47