O Maraca é nosso.

03 de Setembro de 2013 Rennan Leta Poesias 262

Gigante.
Maior do Mundo
Era antes.
Hoje, o que desperta sentimento mais profundo.

Quantas lembranças.
Faz qualquer pai de família
Chorar como criança
E ter muitas fantasias.

Recebeu muitos choros
De alegria e de tristeza.
Dividido entre quatro coros
E encantando com sua beleza.

Saudoso Maraca
Com a estátua do Bellini
Que, quando o Mengão ataca
Balança até a cabine!

Maurício, Renato, Zico
Roberto, Pet, Adriano
Fazendo goleiros pagarem mico
Fazendo-nos chorar quando lembramos.

Tantos títulos testemunhou
E também muito fracassos
Espero que tudo se ajeite
Pois você não merece outro "Maracanaço".

Bem-vindo de volta, Gigante
Que venha muita festa.
Seja nas Confederações
Ou no grito de "Hexa".

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Mancha de Batom há 2 horas

Você se foi... Agora só resta a mancha de batom num copo, que me faz...
a_j_cardiais Poesias 42


Poesia Impura há 2 horas

Não deixe a poesia pura. Deixe um pouco de gordura e algum resquício de...
a_j_cardiais Poesias 37


REMEXENDO OS GUARDADOS há 15 horas

Entre as páginas amareladas Dum velho romance de amor Guardei a carta pe...
madalao Poesias 11


CLAMOR ( rondel) há 15 horas

Justiça! Vivo clamando aos quatro ventos. Silêncio! Porque resposta eu n...
madalao Rondel 6


OH HOMEM! (rondel) há 15 horas

Oh homem! Teus calores me agitam, E meu corpo fica em estado convulsivo. ...
madalao Poesias 7


E AGORA? (rondel) há 15 horas

E agora? Que podemos fazer? Remediar é coisa que não adianta. O mal f...
madalao Rondel 8