O Maraca é nosso.

03 de Setembro de 2013 Rennan Leta Poesias 267

Gigante.
Maior do Mundo
Era antes.
Hoje, o que desperta sentimento mais profundo.

Quantas lembranças.
Faz qualquer pai de família
Chorar como criança
E ter muitas fantasias.

Recebeu muitos choros
De alegria e de tristeza.
Dividido entre quatro coros
E encantando com sua beleza.

Saudoso Maraca
Com a estátua do Bellini
Que, quando o Mengão ataca
Balança até a cabine!

Maurício, Renato, Zico
Roberto, Pet, Adriano
Fazendo goleiros pagarem mico
Fazendo-nos chorar quando lembramos.

Tantos títulos testemunhou
E também muito fracassos
Espero que tudo se ajeite
Pois você não merece outro "Maracanaço".

Bem-vindo de volta, Gigante
Que venha muita festa.
Seja nas Confederações
Ou no grito de "Hexa".

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 15


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 13


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 15


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 13


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 11