Olhando pela janela vejo uma brisa.
Mais não encontro o seu rosto.
Buscando em lugares que poderia ser...
O reencontro das almas gêmeas.

Esta minha decepção é plena.
Ao buscar o que não pode ser encontrado...
Mais nunca desistirei!

Andando pelos caminho das pedras.
Encontrei um abismo profundo...
Dentro deste abismo só existia dor e sofrimento.

Sem sucesso, continuei em busca da luz celestial.
Para poder encontrar o caminho das flores...
Busquei o que avia perdido a muito tempo.

Onde esta minha vida?
Onde esta meu amor?
Onde esta a minha felicidade?

Por que sempre, firma-mente, eternamente...
Quero te reencontrar.

~ Richard Araújo