Ela fingia que não doia
E que não se importava
Ela dizia que o esquecia
Mas no fundo só lembrava

Falava que era passado
E foi tudo uma ilusão
E que não é adequado
Sofrer por uma paixão

Dava pra ver no seu olhar
Algo muito diferente
Até a forma de falar
E de lembrá-lo de repente

Tentava até esconder
A saudade que sentia
Mas todos conseguiam ver
Todo amor que ali crescia

Afirmava que o odiava
E não queria mas o ver
Mas sabia que o amava
E era difícil não o ter.