Meu Tesouro

29 de Setembro de 2013 Ricky Araújo Poesias 331

Entre cuidadosamente pela passagem da caverna subterrânea.
Esta chave é minha, destrua a fechadura.
Esta aqui para roubar este diamante raríssimo?
Andando lentamente, sobre esta passagem gélida...
Ouço o seu chamado como se fosse o meu radar.
Meio atordoado a esta prisão sem muros...
Desarme estas armadilhas, esta luz refletora, fortificante e magnífica.
É o coração do meu tesouro, guardado em segredo...
A espera do chamado dos deuses, aprisionado por sua pureza.
Protegerei esta aparição luminosa como se estivesse encravada em meu peito.
Só assim poderei, guarda-la com a minha vida...
Para que possa para sempre viver em harmonia.

~ Richard Araújo.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
PLEONÁSTICO n°2 há 13 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 14 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 4


A rua me aceita como sou há 17 horas

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 54


Não seja superficial há 18 horas

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 70


"Dia do amor" há 21 horas

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 12


"Estou triste" há 1 dia

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 14